OS MITOS DA REVISÃO FISCAL

SÓ NÃO SE APROPRIA DE UM CRÉDITO TRIBUTÁRIO QUEM NÃO PRECISA DE RESULTADOS

O mercado mundial está enfrentando um período desafiador para o mundo dos negócios como jamais se viu anteriormente.

O nível de concorrência atrelado à falta de dinheiro impõe que a empresa que queira sobreviver e voltar a CRESCER, deixe de lado alguns dos muitos MITOS e MENTIRAS acerca do trabalho de REVISÃO FISCAL, o qual é totalmente lícito, buscando apenas identificar CRÉDITO DE TRIBUTOS nas Esferas Federal, Estadual, Municipal e Previdenciário.

FAKE OU FATO ????

Em suma, gerir tributos de forma EFICAZ tornou-se NECESSÁRIO e identificar potencial CRÉDITO DE TRIBUTOS tornou-se uma forma incrível do empresário gerar um caixa inesperado que fará toda a diferença em seu EBITDA no final do ano fiscal.

Este trabalho de REVISÃO FISCAL assimila-se a uma INVESTIGAÇÃO de diversas decisões tomadas no passado e que poderiam, naquele momento, estarem corretas mas que nos dias de hoje, com a mudança constante em nossa legislação e nos julgados, PODEM e DEVEM ser revisitadas, podendo GERAR UMA RECEITA para a empresa que trará um RESULTADO IMEDIATO financeiro e no que tange aos lançamentos tributários futuros.

SE VAMOS ACHAR CRÉDITO DE TRIBUTOS EU NÃO SEI, MAS QUE VOCÊ TEM QUE AVANÇAR COM ESTA DEMANDA, DISSO EU TENHO CERTEZA !!!

Publicidade

Autor: advogadodaweb

Com ampla experiência atuando na área jurídica de grandes empresas, tais como, Portal IG, Odebrecht S.A. e Tim Celular S.A., faz um trabalho meticuloso para capacitar empreendedores e profissionais da área jurídica no incrível mundo do marketing digital e economia tributária para empresas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: